mitos de viagens
Tips and Tricks 3 min de leitura

10 mitos mais comuns sobre viagens

Statusbrew helps you unlock the power of social media to connect with people who matter

Mitos sobre viagens

Dificilmente passa um dia quando um artigo não aparece em redes sociais dizendo que viajar é a resposta para tudo, desde escapar de um trabalho sem saída ou até para sobreviver uma crise existencial. Mas quando falamos sobre isso, sobre viajar com qualquer motivo, muitas pessoas dizem, “eu não posso, é impossível.” E começamos a ouvir muitas desculpas, e o principal é o dinheiro. No entanto, a noção de que viajar é caro não poderia estar mais longe da verdade.

É hora de acabar com esses mitos comuns sobre viagens e mostrar por que eles estão errados. Leia mais para aprender mais.

#1 Viajar é muito caro

Viajar para o exterior pode ser caro, mas não necessariamente tem que ser. Se você faz sua pesquisa (e fazer bem) você pode encontrar algumas opções de acomodação surpreendentemente acessíveis. Enquanto você não gaste quantidades excessivas de dinheiro em comida e bebida a preços inflacionados, você não vai quebrar o banco.

Além disso, certifique-se de fazer sua investigação sobre a forma de obter suas passagens aéreas mais baratos e fazer todo o possível para obter os melhores descontos.

Tudo custa algum dinheiro. Nenhuma viagem é gratuito, mas você não precisa ter o melhor trabalho ou ganhar na loteria! Isso pode ser feito, mesmo com um salário mínimo. Pode levar mais tempo poupar para a viagem, e pode ter que fazer sacrifícios, mas se você quer viajar, seja para duas semanas ou dois anos, você pode encontrar uma maneira de fazer isso acontecer.

Graças a uma série de websites, aplicativos e ferramentas nunca foi tão fácil fazer que uma viagem barata seja realidade. Mesmo conheçer Maldivas!

Mitos viajeros

#2 Tudo vai dar certo como planejamos

Este é o sonho, certo? Uma vez que organizamos nossa viagem acreditamos que tudo será perfeito como o planejado.

Mas isso é errado, nem sempre é como imaginamos. Muitas vezes subestimamos nosso itinerário e acreditamos que tudo vai correr como está planejado, muitas vezes ignorando as leis da distância, o tempo e o fato inevitável de que algo pode dar errado ao longo do caminho.

Por isso, é sempre bom ter um plano “B” e aproveitar ao máximo cada parte da viagem. Porque é muito comum ter algumas contingências, tais como mau tempo, decompor-se devido à comida local, perdeu um coletivo, vôo, etc. Tudo pode acontecer, por isso deve ficar claro que o relaxamento total durante a viagem, é um mito.

#3 Viajar è fácil

Pegar aquele avião e, de repente, como se por magia, você se tornou num viajante completo, adepto de todas as situações e fluido em todas as línguas possíveis.

Descobrir um novo país não é fácil, apesar de conhecer a linguagem, our ter os recursos, cada país é diferente e pode surpreender-nos.

Não é fácil planejar a viagem, chegar a um lugar desconhecido. Mas isso é parte da viagem, parte da diversão. O importante é ter isso claro para estar preparados para lidar com coisas coisas que talvez não esperávamos.

Mitos viajeros

#4 Viajar é perigoso

Quando mencionamos que vamos viajar, muitas pessoas ficarão felizes, mas outras vai começar a enumerar uma série de razões pelas quais você não deve visitar esse lugar que tanto sonhaste, coisas como “muito perigoso”, “há muita insegurança”, ” eles podem matá-lo”, e assim… muita bobagem mais! Infelizmente, um dos mitos mais difundidos sobre viajar é que é perigoso.

Antes de viajar, e durante a viagem, vamos sempre ouvir histórias de eventos infelizes, alguns dos quais foram completamente inevitável, por exemplo, por não dar atenção suficiente a população local com seus avisos.

Mantenha todos os contatos de emergência, incluindo detalhes de sua embaixada em mão. Proteger seus pertences e viajar durante o dia. Obter um cartão SIM local e manter contato com a família e amigos em casa. Finalmente, confiar em seus instintos. Se uma pessoa ou determinado lugar parece suspeito, não hesite em deixar imediatamente.

#5 É melhor viajar acompanhado

Claro que viajar com seu parceiro, amigos ou família é ótimo! Mas não necessariamente tem que ser melhor que viajar sozinho.

Um dos efeitos colaterais mais surpreendentes de viajar sozinho é o momento quando percebe quão independente você tornar-se uma vez que você pisar fora de sua zona de conforto.

Então, se você está planejando explorar o mundo sozinho, você vai surpreender da rapidez com a que você vai conhecer outros viajantes que também estão explorando sozinho por conta própria, e fazer amigos instantaneamente.

Mitos viajeros

#6 Não pode ter um emprego estável, se você gosta de viajar

Há muitas maneiras de trabalhar no exterior. Nós pensamos no trabalho como um trabalho que exige entrevistas e um currículo. Isso nem sempre é verdade. Se você quer trabalhar e é flexível sobre o que você está disposto a fazer, você pode encontrar emprego. Há muitos trabalhos legais para os viajantes em todo o mundo.

Austrália e Nova Zelândia oferta vistos de trabalho de feriado, onde os viajantes com menos de 30 anos podem obter um visto de trabalho por um ano. Você pode ensinar Inglês em todo o mundo, trabalhando em um cruzeiro, ou obter um visto freelancer em Alemanha.

Vamos admitir, este pode ser um pouco mais difícil. Alguns trabalhos são mais flexíveis que outros, e outros empregadores serão mais feliz para ajudar a acomodar seus objetivos de viagem. Também tenha em mente que a viagem não tem que ser longo, a fim de ser incrível. Alguns dos melhores viagens podem ser simplesmente um fim de semana que você vai lembrar por toda a vida.

#7 Viajar é um desperdício de tempo que deve ser gasto estudando ou trabalhando

Viajar é muito mais que só divertir-se (embora também tem muito disso!). Existem certas lições que você aprende ao longo do caminho que simplesmente não pode aprender em qualquer outro lugar.

Viajar é uma das melhores formas de educação que não só abre sua mente para olhar as coisas de uma perspectiva diferente, mas também contribui para uma pessoa incrivelmente independente, criativa e confiante.

Particularmente eu decidi juntar-me a Statusbrew e posso trabalhar adquirindo novos conhecimentos que certamente será importante para meu futuro, mas sem deixar uma de minhas paixões que é viajar. Em nossa equipe há pessoas de Japão, Rússia, Egito, França, Argentina e em breve mais pessoas de diferente partes do mundo vão juntar-se. Então se você gosta de combinar sua paixão pelos viagens sem deixar de trabalhar, você pode juntar-se a nós, simplesment poder enviar seu CV a nosso email hr@statusbrew.com.

Mitos viajeros

#8 É mais barato reservar voos e hotéis com antecedência

Sempre é aconselhável ler muito antes de viajar e tomar as precauções para ter certeza. Investigar como são as pessoas locais do lugar que deseja conhecer, quais são os fraudes mais comuns, etc.

Muitas vezes é melhor reservar hotéis na chegada, para poder “regatear” os preços e obter algo muito melhor que se tivéssemos reservado através da web, até obter a metade do preço, dependendo da época.

Em relação aos ar sempre é bom tomar cuidado com as promoções, usando sites como Kayak ou Skyscanner, encontramos boas promoções e recebemos alertas sobre os preços.

#9 A língua é uma barreira

Não deixe que a linguagem seja uma barreira, em realidade, pode ver a viagem como uma oportunidade fantástica para aprender uma nova língua, ou dois. Aprender algumas frases na língua local lhe vai poupar muitos momentos frustrantes durante sua viagem.

Além disso, os locais respeitam aos turistas que fazem um esforço para aprender sua língua.

Hoje não precisa nem se quer comprar guias, devido a que aplicativos como Google Translate pode ajudar a converter frases úteis em diferentes idiomas.

Mitos viajeros

#10 Seguro de viagem não é necessário

É muito comum pensar que estamos viajando para um país onde nada é provável que aconteça, ou se é perto de nossa casa, podemos voltar ante qualquer emergência. Mas não fazemos… até que algo acontece.

Por isso, é aconselhável comprar sempre um seguro de viagem no caso de acontecer algo. Alguns países, como condição de entrada, são obrigados a ter seguro de viagem contratada.

Por exemplo, o seguro de viagem é recomendado pelo governo australiano como uma necessidade antes de entrar no país, pois pode incorrer em enormes gastos no exterior.

Os mitos de viagens vêm de anos de ser doutrinados com a crença de que a viagem tem que ser caro e que o mundo é perigoso e inseguro.

Seu trabalho é ignorar as más vibrações. A viagem é possível para a grande maioria de nós, não importa seu orçamento.

Vamos lutar contra esses medos, acabar com os mitos sobre os viagens e incentivar mais pessoas a ficar no caminho e explorar o mundo.

Quer compartilhar suas dicas e sugestões? Você tem perguntas? Deixe seus comentários abaixo.